jovem sentado olhando pôr do sol

Quero me aposentar com 40 anos!

Perguntamos pra geral: “Por que investir pode ser muito bom?”

Hoje quem responde é o Senior Product Designer na Homeyou, co-fundador da @uilabschool, Willian Matiola.

“…qualquer pessoa pode - e deve - entender sobre finanças para construir um patrimônio para o futuro.”
Por: Willian Matiola

Desde que comecei a estudar mais sobre finanças o termo “independência financeira” começou a aparecer em todos os lugares e parece que todo mundo resolveu falar sobre isso. Ou talvez seja o mesmo efeito de quando queremos comprar um carro e a partir daí começamos a ver esse carro em todos os lugares. Será que isso é um sinal? Bom, se é um sinal ou não, eu não sei, mas também quero essa tal de independência financeira.

Eu disse pra mim mesmo que até os meus 40 anos eu quero me aposentar — eu estou com 23 agora, então tenho 17 anos pra conseguir uma quantidade considerável de patrimônio. Meu objetivo é chegar aos 40 e conseguir viver tranquilamente, sem me preocupar se no final do mês vai sobrar dinheiro ou não. Se vou conseguir fazer a viagem que eu tanto quero ou se vou precisar esperar mais 1 ano. Eu sei que não vai ser nada fácil, mas sabe aquele lance de “o não você já tem”? Pois é, agora todas as forças estão concentradas na busca pelo Sim.

Essa busca começou quando eu ainda era pequeno, pois lembro que meu primeiro contato com finanças foi por causa do meu pai. Ele não é formado em economia e nem em contabilidade. Na realidade, ele não é formado em curso algum, mas por ser um cara que desde cedo empreendeu, se viu obrigado a entender como gerir as contas do seu negócio e as contas da casa também. Por conta disso, eu o ouvia constantemente que devíamos poupar dinheiro para o futuro. E esse foi o estopim para despertar a minha mentalidade financeira e perceber que qualquer pessoa pode — e deve — entender sobre finanças para construir um patrimônio para o futuro.

E a melhor maneira de construir um patrimônio é investindo regularmente. Não interessa se vai ser em títulos do Tesouro Direto, LCI, LCA ou Ações. O que importa é nutrir a mentalidade de que dinheiro investido se multiplica e dinheiro guardado se desvaloriza — não vou nem entrar no mérito da poupança aqui, mas você deveria ficar atento com essa danadinha.

Eu não sei se você teve a mesma oportunidade que eu tive de ter um pai que sempre falou sobre dinheiro em casa. Mas seja qual for sua resposta, buscar uma independência financeira nunca é tarde. Não importa se você tem 20, 30 ou 40 anos. O quem importa é começar. E não é necessário muito dinheiro para dar os primeiros passos.

No começo não é fácil manter o hábito de retirar uma quantia da sua receita para investir. Muitas vezes nem sobra nada pra investir também. Mas tente encarar o investimento como uma despesa fixa no seu orçamento e pague-a assim que receber seu salário. Dessa forma você se força a investir e depois de um tempo o processo fica automático e você vai aumentando gradativamente a quantia do investimento. É tiro e queda!

Foi desse jeito que comecei. Investindo aos poucos, mas regularmente. E investir acabou se tornando um hábito que tem me ajudado a atingir o objetivo de independência financeira aos 40 anos. Mas se tudo der errado e eu não conseguir me aposentar daqui 17 anos, pelo menos terei muito mais dinheiro do que tenho hoje e continuarei investindo regularmente.

Você é dono do seu próprio futuro. E é sua responsabilidade fazer dele algo na qual você se orgulhe. Eu já comecei a minha jornada, e você?

(Photo By Lee Key)
Este post foi escrito, sem qualquer remuneração, por um cliente (que já consideramos um amigo e chamamos de um Warren :)), expressando seu ponto de vista sobre como investir pode ser bom!